marque sua consulta
(82) 2121-6868 (82) 2121-6821
Início » Sala de Imprensa

Notícias

04/02/2021

Verão combina com sol, praia, mar, piscina: veja como cuidar da saúde ocular

Verão combina com sol, praia, mar, piscina. A estação mais quente do ano é um alerta para os cuidados com olhos. Isso porque, a alta exposição solar pode provocar olho seco, conjuntivites, lacrimejamento, irritação, queimadura e ceratite (inflamação na córnea).

Então, neste momento, além dos cuidados relacionados à pandemia do coronavírus, exige um cuidado ainda maior com a saúde ocular. Alguns agentes como maior exposição solar e à água salgada, aliados aos descuidos na higiene de lentes de contato, são as principais causas de problemas oculares na estação mais quente do ano.

Ceratites, inflamações causadas, entre outras coisas, pela exposição a luz do sol e ultravioleta, conjuntivite – que se espalha mais fácil com o uso de piscinas -, e síndrome do olho seco estão entre as principais causas de visitas ao oftalmologista neste período.

Essa última é causada, principalmente, pelo clima típico de verão. Já que as pessoas acabam se expondo com mais frequência a ambientes com ar-condicionado e ventiladores para enfrentar o calorão.

O que fazer para prevenir?

Os óculos de sol com proteção UVA e UVB são grandes aliados na prevenção de algumas dessas doenças e, também, na garantia de uma boa saúde ocular.

Além disso, evitar levar as mãos nos olhos e coçá-los também é uma dica valiosa. Para aqueles que usam lentes de contato, a manutenção e boa higienização das mesmas é fator essencial. Garanta que haverá sempre um lugar para guarda-las, utilize as soluções mais indicadas para limpeza e não permaneça com elas para dormir.

Em outros casos, é recomendado também, de acordo com prescrição de seu oftalmologista, o uso de colírios lubrificantes para evitar o olho seco.

Além disso, casos de conjuntivite aumentam no verão, especialmente se objetos pessoais como toalhas, especialmente de rosto, óculos de sol, roupas de cama são compartilhados, uma vez que a propagação dessa infecção se dá por meio do contato físico.

Neste sentido, para evitar infecções oculares, é importante evitar locais de aglomeração em ambientes fechados ou ao ar livre, como em praias, piscinas ou cachoeiras. Esse cuidado, além de evitar problemas para a visão, ajuda a reduzir a disseminação do novo coronavírus.

Confira alguns cuidados para evitar doenças nos olhos:

  • Lave sempre bem as mãos;
  • Não leve as mãos aos olhos para coçá-los;
  • Não compartilhe toalhas e maquiagens;
  • Não abra os olhos em água doce nem em água salgada;
  • Use filtro solar próprio para o rosto e não passe nas pálpebras;
  • Usuário de lente de contato, portadores de olho seco ou pterígio, façam uso regular de colírio lubrificante prescrito pelo oftalmologista; e
  • Respeite as orientações de higiene e manipulação do uso de lentes de contato e nunca durma com elas.

Aproveite as dicas e fique com a saúde de seus olhos em dia!