Início » Serviços

Exames

Com infraestrutura de padrão internacional, composta por instalações modernas e equipamentos tecnológicos de vanguarda, o Instituto da visão coloca à disposição de seus pacientes as mais avançadas técnicas diagnósticas:

As lentes têm sido de grande importância e praticidade, pois além de corrigir vícios refrativos (miopia, hipermetropia e astigmatismo), elas melhoram e muito a qualidade de vida dos usuários. Mas isso, desde que bem indicadas, bem adaptadas, e com orientação e acompanhamento do profissional capacitado para fazê-lo: o médico oftalmologista.
As lentes de contato em vários casos melhoram a estética, permitem a prática de esportes e até possibilitam que o usuário exerça algumas atividades no trabalho que seriam mais difíceis com o uso de óculos.
A adaptação de lentes é um ato médico porque envolve um exame oftalmológico completo: a indicação, a prescrição e a adaptação e controle dessa lente no olho do usuário.

Descrição do exame
Exame da retina, fotografando o fundo de olho. Para o exame, injeta-se um CORANTE (não contraste), fluoresceína sódica, na veia do antebraço, que não contém iodo. É indicado para o estudo de várias doenças que comprometem a retina: diabetes, tromboses venosas, degeneração retiniana, etc.

Preparação:
- Necessita da dilatação da pupila
- Jejum de 2 horas
- Tempo para a realização do exame: 15 minutos, fora o tempo da dilatação da pupila.
- Tempo do efeito da dilatação da pupila: 5 horas
- É recomendável trazer acompanhante
- Paciente diabético deve usar colírio still cinco dias antes do exame, 3 vezes ao dia.

Descrição do exame
Exame computadorizado no qual o médico calcula a distância entre a parte mais externa e a mais interna do olho, determinando o grau da lente intra-ocular a ser implantada em pacientes operados de catarata.

Preparação:
- Não necessita de preparo.

Descrição do exame
A campimetria avalia defeitos de campo visual e escotomas causados por algumas patologias como: Glaucoma - aumento da pressão intra ocular (diagnóstico precoce e acompanha a evolução da doença). Endocrinopatias - (diabetes, doenças da glândula tereóide).

Preparação:
- Trazer receita dos óculos

Descrição: Após a realização da cirurgia de catarata costuma ocorrer em grande percentual de pacientes, a opacificação da membrana na qual se apoia a lente intraocular. Esta perda de transparência irá acarretar uma redução da qualidade e quantidade de visão, e podem ocorrer meses ou até mesmo anos após a cirurgia.
Preparo: o tratamento é indolor, feito ambulatorialmente com o uso de colírio anestésico, após a dilatação da pupila, e irá proporcionar uma grande melhora visual após a sua realização.

Descrição do exame
É o estudo da curvatura corneana pelo computador. Indicado no pré operatório da cirurgia refrativa (miopia, astigmatismo), avaliação das irregularidades da superfície corneana, casos de difícil adaptação de lentes de contato.

Preparação:
- Não necessita de preparo
- Tempo para a realização do exame: 20 minutos

Descrição do exame
A pressão ocular pode sofrer variações em diversas horas do dia. Nesse exame, a pressão ocular é medida em diferentes horários para estudar essa variação. Indicado para os casos suspeitos de glaucoma.
Preparação:
Não necessita de preparo. As medidas de pressão são realizadas a cada três horas, iniciando-se às 8,30 horas, sendo a última às 17,30 horas. A pessoa pode-se ausentar da Clínica entre as medidas.

A retina é a parte do olho responsável pela captação e formação da Imagem. É ligada ao nervo óptico, que envia as informações visuais para o cérebro.
O exame da retina (ou fundo de olho) é a única forma, na medicina, de se avaliar a situação dos vasos sanguíneos sem ter que se recorrer a exames de laboratório ou de imagem. Permite o diagnóstico de várias doenças como diabetes, hipertensão, e impregnação por uso de medicamentos de forma crônica.

Glaucoma é uma doença ocular que leva à perda de visão, sem sintomas prévios. A perda de visão é causada por danos no nervo óptico. O paciente pode ter apenas a pressão ocular elevada inicialmente, porém se a doença não é diagnosticada e tratada, em alguns anos pode haver lesão no nervo óptico e alterações no campo visual, caracterizando o glaucoma.
Durante o exame oftalmológico de rotina a pressão ocular é medida e o nervo óptico é avaliado e se o médico suspeita da doença, são solicitados exames complementares para o diagnóstico como: Campo visual, Gonioscopia e Paquímetria.

Todas as pessoas podem vir a ter glaucoma ou hipertensão ocular, mas existem fatores que aumentam este risco como pressão Intra-Ocular elevada, idade acima de 40 anos, histórico familiar, longo tratamento com corticóides (presentes em medicações para asma ou bronquite, por exemplo, e em alguns colírios), hipertensos, diabéticos, raça negra, altos graus de miopia.

Descrição:
Avaliação do movimento dos olhos e suas funções sensório-motoras como, por exemplo, visão binocular.

Diagnóstico:
poderão ser detectadas simples disfunções musculares, que podem causar sintomas no dia-a-dia e até mesmo estrabismo.
Equipamento utilizado: prismas e testes de avaliação sensorial.
Observação: Caso o paciente use óculos ou já tenha a receita destes, o exame deve ser realizado com os óculos. O exame não pode ser realizado com a pupila dilatada.

 

Os exercícios ortópticos são como uma fisioterapia ocular. São indicados pelo ortoptista após a realização do Teste Ortóptico e podem ser feitos no consultório e/ou em casa. A indicação é feita pelo ortoptista. O número de sessões e o tipo de exercício são indicados conforme o caso.

Consiste na aplicação de laser de argônio na parte pigmentada do trabeculado (ângulo) proporcionando uma remodelagem da estrutura do colágeno facilitando o fluxo de drenagem do humor aquoso reduzindo a pressão intra-ocular auxiliando no controle efetivo do glaucoma.

Descrição do exame
Usada para auxiliar no diagnóstico do glaucoma, principalmente para classificar se o glaucoma é de ângulo aberto ou fechado, pois cada tipo exige um diferente medicamento além de outros problemas, tais como sinéquias (aderências) pós-traumas ou inflamatórios.

Preparação:
- Não necessita preparo.

Consiste em fazer um furo na periferia da íris para permitir a passagem direta do humor aquoso da câmara posterior para a câmara anterior. Está indicada em glaucomas de ângulo fechado, nos quais o humor aquoso fica retido na câmara posterior favorecendo o bloqueio do sistema de drenagem pela íris. É um procedimento rápido, indolor, executado com YAG laser.

A fotocoagulação a laser da retina foi introduzida em 1961, um ano após a invenção do laser, e continua sendo o padrão de tratamento primário ou associado a farmacoterapia para várias doenças da retina, incluindo: retinopatia diabética proliferativa, edema macular diabético, oclusões vasculares retinianas, degenerações retinianas periféricas e corioretinopartia serosa central.
Para a realização da fotocoagulação retiniana, é necessário dilatação pupilar. Colírio anestésico deve ser aplicado antes do procedimento e uma lente de contato é utilizada para a adequada observação da retina. Laser é realizado em caráter ambulatorial.

Descrição do exame
Exame realizado para avaliação da retina central e periférica. Pode-se avaliar também o vítreo. Vítreo é a gelatina que preenche a cavidade do globo ocular. Estuda todas as alterações da retina.

Preparação:
- Necessita da dilatação da pupila para a sua realização.
- Tempo para a realização do exame: 10 minutos, fora o tempo da dilatação da pupila.
- Tempo do efeito da dilatação da pupila: 5 horas
- É recomendável trazer acompanhante e óculos escuros
- Efeitos colaterais: nenhum

Descrição do exame
Estuda a quantidade de células da camada mais interna da córnea (endotélio). Indicado no exame pré-operatório da cirurgia de catarata, pré e pós cirurgia de miopia e astigmatismo ou quando a córnea apresenta-se inchada.

Preparação:
- Não necessita de preparo.
- Tempo médio de exame: 10 minutos

Descrição do exame
Mede a espessura corneana. Utilizado para avaliação pré operatória da cirurgia refrativa (miopia, astigmatismo) e para estudos na área de glaucoma.

Preparação:
- Não necessita de preparo
Tempo para a realização do exame: 5 minutos.

É um exame que verifica a necessidade ou não de do uso de lentes corretivas para uma melhor visão. No caso é realizada através de um computador, sem depender da informação do paciente.

Descrição do exame
Estuda a retina e o nervo óptico, servindo principalmente para documentação fotográfica para comparações futuras.

Preparação:
- Necessita da dilatação da pupila
- Tempo para a realização do exame: 5 minutos
- Tempo do efeito da dilatação da pupila: 5 horas
- É recomendável trazer acompanhante
- Efeitos colaterais: nenhum

Descrição do exame
Mede o desvio (estrabismo) ou tendência ao desvio que a pessoa pode apresentar. Verifica se há necessidade de tratamento. Não necessita de preparo Tempo para a realização do exame: 30 minutos

Preparação:
- Não necessita de preparo
- Tempo para a realização do exame: 30 minutos.

É um exame simples, rápido e indolor, que serve para detectar e prevenir doenças oculares como a retinopatia da prematuridade, catarata, glaucoma, infecções, traumas de parto e até mesmo cegueira. Deve ser feito nos primeiros dias de vida da criança.

Descrição do exame
É um equipamento que reproduz imagens do segmento anterior do olho, possibilitando análise da superfície corneana e avaliação tomográfica do segmento anterior: da câmara anterior, do cristalino, do posicionamento de lentes intra-oculares, mapas topográficos das superfícies anterior e posterior da córnea, mapas de elevação das superfícies anterior e posterior, mapa paquimétrico.

Preparação:
- Usuários de lente de contato devem permanecer 5 dias sem utiliza-las. Não precisa de dilatação.
- Exame é de não-contato.

Descrição do exame
Estuda alterações na região central da retina (mácula), onde outros exames não conseguem demonstrar. Mede também a espessura da retina.

Preparação:
- Não necessita de preparo.
Tempo médio de exame: 15 minutos

Descrição do exame
Trata as pessoas que apresentam estrabismo ou tendência ao estrabismo.

Preparação:
- Não necessita de preparo.
- Tempo médio do tratamento: 30 minutos

Descrição:
A ultrassonografia ou ecografia é um método diagnóstico e terapêutico cujo princípio é a propagação do som através das estruturas do corpo, podendo identificar, hemorragias, inflamações, tumores, dentre muitas outras condições.
Frequentemente, a ultrassonografia ocular é realizada com as pálpebras fechadas, enquanto a sonda entra em contato apenas com a pele, utilizando gel de contato.

Preparação:
- Evitar a utilização de maquiagem ou creme facial nos olhos no dia do exame.
- Não há necessidade de dilatar a pupila.

Descrição do exame
Avalia as pessoas que tem baixa visão, na tentativa de adaptar algum tipo de recurso para melhorar a visão à distância e perto.

Preparação:
- Não necessita de preparo
- Tempo médio do exame 1h.