marque sua consulta
(82) 2121-6868 (82) 2121-6821
Início » Sala de Imprensa

Notícias

10/09/2020

Você sabe o que é Catarata Nigra?

Paciente do Instituto da Visão foi operada com o tipo mais avançado de catarata

Catarata, doença que torna opaca a lente interna do olho, o cristalino, é a maior causa de perda da visão no mundo. No Brasil, segundo Organização Mundial da Saúde (OMS), ela responde por 49% dos casos de cegueira tratável. Segundo o oftalmologista Rodrigo Ribeiro Santos, a principal causa para o aparecimento da doença é o envelhecimento natural dos olhos. Contudo, há um tipo de catarata incomum, porém mais intensa. A Nigra ou Negra.

Na última semana, um caso chamou a atenção da equipe do Instituto da Visão. Uma paciente de 49 anos de idade foi diagnosticada com a Catarata Nigra, estágio avançado, em um dos olhos. 

A paciente foi tratada pelo médico oftalmologista Rodrigo Ribeiro Santos. Segundo ele, esse tipo de catarata é mais difícil de ser encontrada atualmente e mais raro no estágio da paciente, com necessidade de cirurgia.

“Como o caso é um tipo mais duro e grande, não foi possível realizar o método de cirurgia atual, a facoemulsificação. Foi preciso submeter à cirurgia extra-capsular, um método mais antigo e que tem uma abertura maior”, relata Rodrigo Ribeiro, ao ressaltar que a paciente chegou ao consultório tendo somente a percepção da luz no olho doente.

Mesmo a técnica extra-capsular não sendo tão usada atualmente, seus resultados e a segurança são eficazes. No entanto, como a incisão é maior, foi necessário aplicar suturas para fechar a incisão da cirurgia. Também foi implantada uma lente intra-ocular para corrigir a visão.

De forma bem sucedida, a paciente se recupera da cirurgia, mas será necessário um acompanhamento para monitorar sua evolução.

“Como foi feito um método mais tradicional de cirurgia, é mais lenta a recuperação visual. Vamos acompanhar de perto até a total recuperação da paciente, para que ela volte a enxergar nitidamente.”, explica o médico oftalmologista. "Infelizmente, temos ainda muitos casos de pessoas que não procuram tratamento e acabam acometidas pela cegueira. Por isso a importância da visita de rotina ao oftalmologista", completa.