Início » Sala de Imprensa

Notícias

12/06/2018

Cuide bem da sua visão e evite sérios problemas

Vivemos na era virtual, cada vez mais conectados através do uso de smartphones, tablets e computadores, usamos cada vez mais nossos olhos e, com isso, cometemos alguns erros relacionados à visão, não apenas relacionados à tecnologia, mas também a atitudes do dia a dia que podem parecer inofensivas. Saiba que evitar alguns erros pode fazer toda a diferença para os seus olhos. Confira as dicas dos nossos oftalmologistas:

Vidrados na telinha: é preciso fazer pausas frequentes quando usar dispositivos eletrônicos. Tente a regra 20/20/20: a cada 20 minutos de uso, tire os olhos da tela e desvie o olhar por 20 segundos em um objeto que fica a pelo menos 20 pés de distância (cerca de 6 metros).

Mas que letrinha: as telas de smartphone estão cada vez maiores, contudo o tamanho da fonte das letras ainda é bem pequeno, o que nos faz "forçar" os olhos para enxergar, podendo causar olhos secos, visão embaçada, vertigem e até náuseas. Aumente o tamanho da fonte para tentar evitar esses problemas.

Quem piscar primeiro perde: mas deixe apenas para as brincadeiras de infância. Ao trabalhar durante horas no computador pode causar tensão ocular com sintomas como dor na parte da testa e em volta de suas sobrancelhas e sensação de queimação ao fechar os olhos. Para evitar isso, comece a piscar os olhos com mais frequência para lubrificar naturalmente seus olhos.

No escurinho do cinema: para dar aquele clima na hora de assistir a  um filme, geralmente se  apagam todas as luzes, entretanto  tal  atitude pode ser prejudicial aos  olhos, pois precisam trabalhar mais para se ajustar às mudanças rápidas de brilho da TV. A iluminação do ambiente deve ser cerca de 50% mais fraca do que a iluminação da tela.

Quem não tem colírio: tratamentos oftalmológicos devem ser feitos com prescrição médica, ao contrário do que muitos pensam, colírio é um medicamento, por isso deve ser usado com cautela e por curto período de tempo. Antes de usar qualquer colírio, procure o seu oftalmologista.

Uma pausa é preciso: quando a leitura está interessante, fica difícil deixar o livro de lado, porém é necessário para não prejudicar a visão. Faça uma pausa a cada hora, por instantes e relaxe direcionando o olhar para o infinito.

Óculos falsificados, não!  Atraídas pelos preços mais baixos que em óticas especializadas, muitas pessoas optam por comprar óculos em feiras ou em camelôs, mas esses produtos geralmente não têm filtro de proteção ultravioleta. Com a coloração mais escura, as pupilas se dilatam - o que, ironicamente, faz com que os olhos fiquem ainda mais vulneráveis aos raios solares.

Que tal lavar as mãos? Não lavar as mãos e levá-las aos olhos. A gente tem contato com muitos objetos durante o dia. Imagine quantas bactérias, fungos e outras sujeiras você leva várias vezes aos olhos? Com as novas tecnologias, como os smartphones, esse hábito ficou ainda pior. Quem lembra a última vez que limpou o próprio celular? Estamos o tempo todo com ele na mão. Essas sujeiras podem levar a infecções e contaminações nos olhos.