Início » Conheça o Instituto da Visão

Unidade Social

Cerca de 80% das pessoas que têm glaucoma só buscaram ajuda depois de perceber alterações como perda de visão, olhos vermelhos, desconforto e embaçamento, aponta pesquisa divulgada pela Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG). Os danos causados pela doença são irreversíveis e, se não tratada corretamente, pode levar à cegueira. Estima-se ainda que entre 2% e 3% da população brasileira acima de 40 anos possam ter o glaucoma, segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia.

Diante desses dados alarmantes, para tentar evitar a cegueira causada pela doença, o Governo Federal criou o Projeto Glaucoma em parceria com clínicas oftalmológicas particulares, para facilitar o acesso da população ao tratamento. Segundo a coordenadora da Unidade Social, Iane Costa, o Instituto da Visão faz parte do projeto desde 2010, possui 5.580 pacientes devidamente diagnosticados e recebendo o tratamento adequado.

"O Instituto da Visão segue todas as normas e determinações exigidas pelo Governo Federal, cada paciente é tratado de forma individual, fazendo todos os exames necessários para confirmar se é portador da doença; só após a confirmação, o paciente é cadastrado no Sistema Nacional de Regulação (SISREG) e, no dia da realização da consulta, a biometria digital do paciente é registrada para confirmação e validação com a utilização do Sistema Municipal BIOSUS!”, afirma o coordenador do projeto Dr. César Amorim.

São agendados no Projeto Glaucoma do Instituto da Visão 50 pacientes por turno, de segunda a sexta. Todos os pacientes passam pelo atendimento médico e exames complementares como fundo de olho, medida da pressão intraocular, Retinografia Simples e Campo Visual, que são realizados no decorrer do período. Segundo o Dr. Roberto Amorim, o tratamento de Glaucoma é contínuo, por isso, após a primeira consulta, o paciente diagnosticado já faz agendamento para três meses, seguindo as exigências da Portaria Nº 920, de 15 de dezembro de 2011, que ressalta o direito do paciente de quatro avaliações por ano.

Nossa equipe especializada conta com os oftalmologistas Cynthia Pereira, Júlice Caroline, Elvira Ribeiro, Rômulo Miranda, Juliana Azevedo, Carlos Amorim, Roberto Amorim e César Amorim, coordenador do Projeto Glaucoma no Instituto da Visão. O atendimento é feito de segunda a sexta das 6h30 às 17h. Para se cadastrar é simples, basta apresentar os documentos:

• Encaminhamento do oftalmologista com diagnóstico ou suspeita de Glaucoma;

• Cartão SUS;

• Comprovante de residência;

• Identidade;

• CPF.

“Nós que fazemos o Instituto da Visão, desde atendentes aos oftalmologistas, levamos muito a sério o atendimento aos portadores de glaucoma, pois sabemos o quão grave a doença pode ser se não tratada devidamente. Por isso mantemos nossa equipe devidamente treinada e atualizada com as novidades desta área”, finaliza Dr. Roberto César.